Peça teatral percorre escolas de 18 municípios conscientizando sobre reciclagem



De 27 de agosto e 6 de setembro, o projeto "A Arte da Vida" circulará em mais 18 municípios da Bacia do Paranapanema, vizinhos das hidrelétricas Chavantes e Salto Grande, apresentando para estudantes da rede pública o espetáculo teatral “Uli Luli e as Latas Mágicas”. Na margem paulista do Rio Paranapanema, as próximas cidades visitadas serão Timburi e Fartura (27/08), Taguaí e Coronel Macedo (28/08), Itaporanga (29/08), Chavantes (3/09), Ipaussu e Bernardino de Campos (04/09), e Salto Grande (5/09).

O espetáculo passará também por outras regiões e, ao todo, 52 cidades e aproximadamente 10 mil crianças dos estados de São Paulo e Paraná participarão da atividade, que teve início no dia 20 de agosto e prossegue até o dia 25 de setembro. A iniciativa têm patrocínio, via Lei Rouanet, da CTG Brasil, empresa que administra oito usinas hidrelétricas no Rio Paranapanema por meio da Rio Paranapanema Energia.

O projeto aborda a importância de transformar o que seria lixo em produtos novos, reinseridos na cadeia de consumo sem a necessidade de se extrair mais recursos da natureza, e reduzindo a quantidade de lixo no planeta. “A CTG Brasil produz energia limpa, a partir de fontes renováveis, e tem todo o interesse em apoiar a educação ambiental e a conscientização sobre a reciclagem nos municípios vizinhos das hidrelétricas. O patrocínio a projetos culturais relacionados a esses temas é uma das formas de participarmos positivamente da vida dessas comunidades”, comenta a diretora de Marca, Comunicação e Sustentabilidade da companhia, Salete da Hora.

O espetáculo

Direcionado ao público infantil, “Uli Luli e as Latas Mágicas” conscientiza para a preservação do meio ambiente. Reciclagem do lixo, destinação correta dos materiais e tratamento de resíduos são abordados de maneira lúdica, no espetáculo que tem duração de 45 minutos.

A encenação conta a história de Uli Luli, uma menina feliz, estudiosa e amiga da natureza. Preocupada em divulgar a reciclagem do lixo, ela vai a um parque onde interage com as latas da coleta seletiva, que ganham vida e encantam a plateia. Para reforçar os temas da peça, os estudantes também recebem livros informativos.

Welson Ribeiro, do Grupo Komedi, responsável pelas apresentações, ressalta que o objetivo do projeto é “comprometer o pequeno cidadão com a natureza, estimulando o respeito e a valorização do meio ambiente por meio da conscientização”.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO NA REGIÃO



Cidade

Dia

Local

Agosto

Timburi
27
Centro de Convenções e Secretarias do Município
Fartura
27
APAE de Fartura
Taguaí
28
Centro Educacional Profº Ruy Gonçalves de Oliveira
Coronel Macedo
28
Escola Municipal  “Professor Mitsuo Matsura”
Itaporanga
29
Escola Municipal Coronel Vicente Russo
Santana do Itararé
29
Escola Municipal Euclides Barbosa de Oliveira
Barão de Antonina
30
Centro cultural
Siqueira Campos 
30
Centro de Referência de Assistência Social (CRAS)
Salto do Itararé
31
Escola Municipal Hilda de Souza Camargo de Oliveira
Carlópolis
31
Salão Paroquial

Setembro

Ribeirão Claro
03
Escola Municipal Correia Defreitas
Chavantes
03
Centro Cultural Wadia Mansur
Ipaussu
04
Secretaria Municipal de Educação e Cultura
Bernadino de Campos
04
Anfiteatro da EMEF "Dr. Antonio Carlos de Abreu Sodré"
Santa Mariana
05
Casa da Cultura “Diva Vogas dos Santos”



Salto Grande
05
Clube do Bocha
Jacarezinho
06
Escola Professora Vera Cecília Lamim
Cambará
06
Espaço Cultural Nilza Furlan
Ourinhos
12
EE Virginia Ramalho

Fonte: Duke Energy 

Nenhum comentário

Regras para comentar

• Faça comentário em relação ao tema abordado na postagem.
• Não serão publicados comentários com erros de ortográficos e escritos EM CAIXA ALTA.
• Não serão publicados comentários com propagandas e spans.
• Não serão publicados comentários obscenos, ilegais e ofensivos.

A Equipe do Jornal Tribuna de Ouro agradece sua colaboração.

Contato: tribunadeouro@gmail.com

Tecnologia do Blogger.