Prefeitura de Palmital acusa médicas cubanas de abandonarem trabalho

Foto: Portal Oficial  da Prefeitura de Palmital

Duas médicas cubanas que atendiam em postos de Saúde da Família, em Palmital (SP), teriam abandonado o trabalho, segundo a prefeitura. Elas foram contratadas pelo programa “Mais Médicos”, do Governo Federal, e, ainda de acordo com a administração do município elas deixaram a cidade sem aviso prévio há aproximadamente 10 dias.

Na tentativa de repor as profissionais, a prefeitura da cidade entrou em contato com o Ministério da Saúde e contratou um clínico geral em caráter emergencial. Ainda segundo a prefeitura, o profissional atende pacientes em um posto de saúde que fica na região central da cidade.

Outros casos

Este não foi o único caso da região de Ourinhos. No começo do ano, uma médica cubana que trabalhava na cidade de Ibirarema entrou em férias e não retornou ao trabalho, segundo a prefeitura. Ainda de acordo com a administração municipal, já foi feita a reposição de um profissional neste caso.

Mas, após cerca de dois meses uma outra médica que atendia na mesma cidade também abandonou o serviço e, de acordo com a prefeitura, a vaga ainda não foi ocupada.

Mais Médicos

O programa “Mais Médicos", lançado pelo Governo Federal, tem o objetivo de aumentar o número de médicos na rede pública de saúde, onde participam permite profissionais estrangeiros ou brasileiros que se formaram no exterior.

Fonte: G1

Nenhum comentário

Regras para comentar

• Faça comentário em relação ao tema abordado na postagem.
• Não serão publicados comentários com erros de ortográficos e escritos EM CAIXA ALTA.
• Não serão publicados comentários com propagandas e spans.
• Não serão publicados comentários obscenos, ilegais e ofensivos.

A Equipe do Jornal Tribuna de Ouro agradece sua colaboração.

Contato: tribunadeouro@gmail.com

Tecnologia do Blogger.