Polícia investiga suspeito de assediar mulheres pela internet em Marília

Foto: Reprodução TV TEM

Um homem de 36 anos foi detido suspeito por ameaçar e difamar mulheres, em Marília (SP), através de redes sociais. De acordo com informações da Polícia Civil, ele entrava em contato com as vítimas e as torturava psicologicamente com ameaças, caso não fosse correspondido. 


Ainda segundo a polícia, cinco casos foram registrados desde novembro de 2015. Em maio deste ano, duas ocorrências foram feitas contra o suspeito, que possuía de quatro a cinco perfis falsos na rede social. 

Através desses perfis, ele entrava em contato com essas mulheres e quando elas negavam, o suspeito começava a ameçar estuprá-las, agredi-las, segundo a polícia. 

"A polícia fez diligências, conseguiu ligar a fatos anteriores em que essa pessoa estava envolvida e a partir daí a gente promoveu uma busca judicialmente autorizada na residência dele. Nós apreendemos os equipamentos de informática que ele dispunha. Ele foi conduzido até a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) e acabou confessando que praticava esses crimes. Ele dizia que queria praticar atos sexuais com as vítimas, dizia que fazia uso de droga, que ameaçava mandar estuprar as vítimas", explica o delegado seccionial de Marília, Wilson Frazão. 

A polícia identificou o suspeito como Franco Baraldi, de 36 anos, filho de Teresa Baraldi, atualmente secretária municipal da juventude de Marília e ex-delegada da DDM. Ele foi detido e liberado. O suspeito vai responder em liberdade pelos crimes de injúria, ameaça e difamação. A perícia vai determinar a forma que ele usava os meios de comunicação para dar sequência ao caso. 

Fonte: G1

Nenhum comentário

Regras para comentar

• Faça comentário em relação ao tema abordado na postagem.
• Não serão publicados comentários com erros de ortográficos e escritos EM CAIXA ALTA.
• Não serão publicados comentários com propagandas e spans.
• Não serão publicados comentários obscenos, ilegais e ofensivos.

A Equipe do Jornal Tribuna de Ouro agradece sua colaboração.

Contato: tribunadeouro@gmail.com

Tecnologia do Blogger.