Jaú confirma primeiro caso de febre chikungunya


A Secretaria de Saúde de Jaú (47 quilômetros de Bauru) confirmou o primeiro caso de febre chikungunya registrado na cidade. Trata-se de paciente do Sergipe que já chegou ao município com sintomas da doença. Ele faz acompanhamento no Hospital Amaral Carvalho, onde ficou internado até essa quinta-feira (28) em observação.

O secretário da pasta, Paulo Mattar, conta que o homem (a identidade não foi divulgada) precisa ser acompanhado por uma equipe do Amaral Carvalho a cada seis meses em razão de um transplante de medula óssea feito há alguns anos.

Segundo Mattar, ele havia sido orientado por equipes de saúde da cidade onde mora a não viajar, já que a mulher e a filha estavam com sintomas característicos de febre chikungunya. “Mas ele acabou vindo para cá de avião”, revela.

O secretário diz que o paciente passou pelos aeroportos de Brasília, Campinas e Bauru, de onde seguiu para Jaú. Na cidade, começou a apresentar febre e mal-estar. “Pelo relato do antecedente da mulher e da filha, houve a suspeita”, diz.

O homem foi internado no Hospital Amaral Carvalho no último dia 19. Dois dias depois, de acordo com Mattar, colheu material para a realização de exames. Na sexta-feira (22), o resultado confirmou o diagnóstico de chikungunya.

“Foi quando o Hospital Amaral Carvalho informou a nossa Vigilância Epidemiológica”, explica. “Eles já tinham isolado o paciente”. Após ficar mais de uma semana internado em observação, nessa quinta (28) à tarde, o homem teve alta.

Fonte: Jcnet


Nenhum comentário

Regras para comentar

• Faça comentário em relação ao tema abordado na postagem.
• Não serão publicados comentários com erros de ortográficos e escritos EM CAIXA ALTA.
• Não serão publicados comentários com propagandas e spans.
• Não serão publicados comentários obscenos, ilegais e ofensivos.

A Equipe do Jornal Tribuna de Ouro agradece sua colaboração.

Contato: tribunadeouro@gmail.com

Tecnologia do Blogger.