Rio Paranapanema supera cota de alerta de enchente entre o Paraná e São Paulo

Foto: Fernanda Trento

A chuva constante, generalizada e volumosa que caiu nos últimos 15 dias entre o norte do Paraná e o centro, centro-sul e oeste de São Paulo provocou uma elevação maior do nível do rio Paranapanema entre os dois estados.

No trecho entre Cândido Mota, Florínia, Ibirarema, Iepê, Maracaí, Nantes, Palmital, Pedrinhas Paulista, Ourinhos e Salto Grande, o nível do rio subiu até três metros nos últimos dias, segundo o Corpo de Bombeiros.

Algumas áreas próximas às margens já sentiram os reflexos do aumento do rio e foram alagadas, principalmente em balneários entre Florínia e Salto Grande.

Na região de Avaré, onde nasce o rio Paranapanema em conjunto com a represa Jurumirim, a precipitação acumulada ao longo do mês de novembro na estação automática do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) atingiu a marca de 398,4 milímetros, mais que o dobro da média climatológica (1961-1990) para o mês.

Em Salto Grande, a régua da estação telemétrica da Agência Nacional de Águas (ANA) atingiu nível de 4,04 metros, acima da cota de alerta de extravasamento que é de 3,45 metros.

Fonte: De Olho no Tempo Meteorologia 

Nenhum comentário

Regras para comentar

• Faça comentário em relação ao tema abordado na postagem.
• Não serão publicados comentários com erros de ortográficos e escritos EM CAIXA ALTA.
• Não serão publicados comentários com propagandas e spans.
• Não serão publicados comentários obscenos, ilegais e ofensivos.

A Equipe do Jornal Tribuna de Ouro agradece sua colaboração.

Contato: tribunadeouro@gmail.com

Tecnologia do Blogger.